segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Quem sabe?


Estou triste. Tristinha. Cabisbaixa. Esperando. Sentada. Com frio.

Não é nada grave, nada que remédios resolvam. Eu não preciso de tratamento e acho que nem de conselhos. Como pedir conselhos sobre algo que se desconhece?

Acho que só preciso de tempo. Pensamentos. Calma. Música. Uma xícara de chá.

Acho que só preciso de um abraço, longo, quente, amigo. Acho que só preciso ver pessoas que querem ficar, que fiquem, que venham.

Acho que só preciso de bons filmes, bons risos, bons momentos.

Acho que só preciso de menos dramas feitos por mim. Mais simplicidade. Mais vida. Mais sentimentos leves.

De um amor inventado. De qualquer coisa bonita. Arco-íris. Ou de uma boa noite de sono. 
Quem sabe? 

Enquanto isso vou tentando sorrir e esquecer das coisas tristes. Vou tentando, aos trancos e barrancos, ficar feliz.

1 comentários:

Ph. disse...

"Acho que só preciso de um abraço, longo, quente, amigo. Acho que só preciso ver pessoas que querem ficar, que fiquem"

o sentimento que mais perdura.

teus textos acabam sempre bem fortes